Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Reprodução/ Internet
ufg
Desde 2015, as universidades federais brasileiras atravessam dificuldades financeiras. A Universidade Federal de Goiás (UFG) é mais uma que encontra dificuldades para saudar os compromissos, e precisou fazer cortes, especialmente de terceirizados, para diminuir os gastos.

Com exclusividade à Rádio 730, o reitor da UFG, Orlando Amaral, expôs a situação crítica da universidade.

Além disso, Orlando Amaral adiantou que a Universidade Federal de Goiás não vai conseguir cumprir todos os compromissos financeiros neste ano.

Um dos principais problemas citados pelos estudantes é a insegurança no Campus II da UFG, o Samambaia. No dia 15 de setembro, o estudante Ariel Bem Hur foi assassinado no local enquanto participava de uma ‘Calourada’.

Mesmo diante do quadro negativo, o número de seguranças foi reduzido devido à crise. No entanto, o reitor disse que soluções para o problema já estão sendo implementadas.

Do repórter Gerliézer Paulo

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757