Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail


Wagner Siqueira (Foto: Portal 730)
dsc01051
Com nova análise em curso pela Secretaria de Finanças sobre os altos custos da Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg), servidores da empresa buscaram a articulação política de deputados estaduais para afastar de vez a possibilidade de privatização da Companhia.

Os funcionários da Comurg lotaram as galerias da Assembleia Legislativa e ouviram a análise otimista do deputado estadual Wagner Siqueira (PMDB), O Waguinho,que presidiu a Companhia na gestão de Iris Rezende (PMDB), em 2005.

Wagner Siqueira afirmou que a prefeitura não vai liquidar a Comurg e que as análises em curso servem para considerar a modernização dos serviços.

O deputado e ex-presidente da Comurg ainda analisou os altos valores da folha de pagamento da empresa, que somam cerca de R$ 23 milhões por mês.

A folha de pagamento da Comurg ultrapassa os R$ 23 milhões mensais e o secretário de Finanças, Alessandro Melo, deve apresentar estudo sobre a viabilidade econômica ao prefeito Iris Rezende, que não tem descartado a privatização.

Do repórter Rubens Salomão

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757