Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail


Elias Vaz (Foto: Larissa Artiaga/ Portal 730)
eliasvaz
O vereador Elias Vaz (PSB) concedeu nesta segunda-feira (18) uma entrevista exclusiva à Rádio 730. No diálogo com os jornalistas Cléber Ferreira, Eduardo Horácio e Rubens Salomão, o vereador fez uma análise das articulações políticas no estado e comentou os principais assuntos que estão em pauta na Câmara de Vereadores de Goiânia.

Apesar de o PSB ser integrante da base ligada ao governador Marconi Perillo (PSDB), Vaz ressaltou que é contrário ao apoio da sigla à pré-candidatura do vice-governador José Eliton (PSDB). “Eu sou contra o apoio do PSB à candidatura da base aliada. Esse governo que está aí já se esgotou. O PSB tem nomes para lançar uma candidatura própria. Mas, se isso não acontecer, é preciso estabelecer um diálogo com o Daniel Vilela (PMDB)”, declara.

Ainda de acordo com o vereador, a independência do PSB é defendida pela própria presidente regional do partido, senadora Lúcia Vânia (PSB). “A Lúcia insiste em dizer que acha que é cedo para tomar quaisquer decisões. Ela acha que o momento não é esse e tem defendido o diálogo com todas as forças. O PSB vai agir com independência”, pondera.

Além disso, atualmente Elias Vaz preside a Comissão Especial de Inquérito (CEI) que investiga irregularidades cometidas na Secretaria Municipal de Trânsito, Transporte e Mobilidade (SMT). De acordo com Vaz, foram identificadas irregularidades na aquisição de cavaletes e nos contratos dos serviços relacionados à sinalização de trânsito, semáforos e fotossensores. “Não é só a questão do superfaturamento. No caso dos cavaletes, por exemplo, compraram mais de 5 mil cavaletes e apenas cerca de 1.500 foram entregues. Os próprios registros do almoxarifado comprovam que alguns cavaletes não foram entregues. No caso da empresa Dataprom, responsável pela venda e manutenção dos controladores de semáforos na capital, não houve licitação”, explica o pessebista.

Segundo Elias, o relatório da CEI da SMT deve ser concluído em breve. “O relator, vereador Eduardo Prado, já está trabalhando no relatório. Nós entendemos que o relatório vai apontar os possíveis responsáveis pelas irregularidades. Vamos representar junto ao Ministério Público e tenho certeza de que os responsáveis por essas irregularidades vão ter que pagar”, destaca.

Acompanhe a entrevista completa:

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757