Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Humberto Aidar (Foto: Portal 730)
humbertoaidar
A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga os contratos para realização de shows efetivados pela Agência Estadual de Turismo começa nesta semana a ouvir depoimentos de empresários. Ao todo, pelo menos 15 pessoas participarão de oitivas com o objetivo de comparar os valores apresentados nas notas da Goiás Turismo. Os documentos foram registradas no Tribunal de Contas do Estado (TCE), por meio de investigação do Ministério Público de Contas, e a deverão ser confrontados com o que foi de fato recebido pelos empresários e artistas.

O relator da CPI, Humberto Aidar (PT), vai apresentar a conclusão dos trabalhos até o fim do próximo mês de outubro. Ele concedeu entrevista á Rádio 730 e confirmou que, depois de quatro meses de espera dos documentos, agora o trabalho de fato vai começar.

Segundo Humberto Aidar, a própria administração estadual poderá ser beneficiada com as apurações da CPI da Goiás Turismo.

O relatório da CPI deve ser apresentando até o fim de outubro e, antes disso, os membros pretendem ouvir o atual presidente, Leandro Garcia.

Do repórter Rubens Salomão

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757