Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Divulgação
halfbridge
O governo estadual decretou estado de emergência em relação à crise hídrica da região Metropolitana de Goiânia. Em seguida, a Secretaria do Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades, e Assuntos Metropolitanos (Secima) apresentou uma portaria com medidas para combater o problema. A validade é de 90 dias. O titular Vilmar Rocha (PSD) apresenta as principais medidas adotadas pela Pasta.

Vilmar Rocha faz uma previsão do período necessário para que o abastecimento em Goiânia seja normalizado.

Nas últimas três semanas, a Secima intensificou a fiscalização em propriedades rurais e indústrias que estão às margens da bacia do Ribeirão Meia Ponte. Foram realizados 18 autos de infração e 8 de embargo. As multas somaram mais de R$ 300 mil.

O gerente de fiscalização da Secima, Vitor Lenza, aponta as principais irregularidades encontradas.

Com as medidas, a Secima espera reduzir em 500 litros por segundo a retirada de água da bacia do Rio Meia Ponte.

Do repórter Gerliézer Paulo

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757