Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Giuliane Alves/ Portal 730
sistemamauroborges
O governador Marconi Perillo (PSDB) decretou situação de emergência, por 90 dias, em razão da escassez de água na bacia do rio Meio Ponte, que abastece Goiânia e região metropolitana.

A decisão do governador é baseada em estudos da secretaria do Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Cidades (Secima), da secretaria estadual de Desenvolvimento e da Companhia de Saneamento de Goiás (Saneago).

De acordo com Marconi Perillo, a inauguração do sistema de abastecimento Mauro Borges é única solução viável para minimizar a crise hídrica.

Conforme dados da Saneago, moradores de pelo menos 25 bairros de Goiânia e Aparecida de Goiânia estão sofrendo com a falta de água devido à baixa nos reservatórios, causada pelo período de estiagem. Segundo o presidente da Companhia, Jalles Fontoura,  a crise hídrica será amenizada com a antecipação da operação do sistema Mauro Borges.

Entre os bairros afetados pela falta de água em Goiânia e Aparecida estão: Independência Mansões, Independência, Cidade Livre, Colina Azul, Comendador Walmor, Conde dos Arcos, Jardim Florença, Setor dos Estados, Jardim Riviera, Marista Sul, Nova Cidade, Parque Hayala, Rio Vermelho, Setor Fabrício, Virgínia Parque, Setor Serra Dourada I ao III, Andrade Reis, Chácara Santa Luzia, Jardim Cristalino, Jardim dos Girassóis, Jardim Ipiranga, Jardim Monte Cristo, Parque Atalaia, Parque Itatiaia e Residencial Vilage Garavelo II.

Do repórter Jerônimo Junio

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757