Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Leonardo Marques (Foto: Portal 730)
leonardomarques
O Passe Livre Estudantil (PLE) unificado passou a valer na Grande Goiânia no dia 31 de agosto. O programa disponibiliza 48 viagens mensais - no valor de R$ 177, 60 – para cada estudante cadastrado e regularmente matriculado em alguma instituição de ensino básico ou superior.

Alunos de cursinhos pré-vestibulares e cursinhos voltados para concursos não têm direito ao benefício. De acordo com o superintendente da juventude de Goiás, Leonardo Felipe Marques, o estudante que utilizar mais do que as 48 passagens disponibilizadas pelo governo, vai ter que pagar do próprio bolso o valor excedente, salvo se a viagem for usada para fins educacionais.

 

Ainda segundo Leonardo Felipe Marques, o uso do benefício para fins não escolares, tais como idas a shoppings e demais espaços de lazer, nunca foi autorizado pelo governo.

 

O cartão único é resultado da junção do antigo passe escolar com o benefício do passe livre estudantil. Antes da unificação, o governo estadual pagava apenas a metade dos custos do programa e o restante ficava a cargo das 18 prefeituras que fazem parte da Região Metropolitana de Goiânia.

Acompanhe a entrevista completa:

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757