Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Carlos Júnior (de bege, ao centro) comemora vitória com membros do PMDB. (Foto: Giuliane Alves/ Portal 730)
carlosjunior2
Com 233 votos, o superintendente da secretaria de Planejamento da Prefeitura de Goiânia e representante da chapa “Mutirão”, Carlos Júnior, venceu neste sábado (02) a eleição para presidente do diretório metropolitano do PMDB em Goiânia.

Apesar de terem apoiado Carlos Júnior, o prefeito de Goiânia, Iris Rezende, a primeira-dama, Iris de Araújo, e o deputado federal Daniel Vilela, não compareceram à votação. 

Com o resultado, a chapa "Mutirão" venceu a chapa “Unidos”, representada por Fernando Barnabé, apoiado pelos deputados, José Nelto, e Paulo Cézar Martins, que também estiveram ausentes.

Em sua primeira entrevista como presidente metropolitano do PMDB, Carlos Júnior afirmou que trabalhará para ajudar Iris a administrar Goiânia. 

 

Dos mais de 20 mil filiados ao partido, apenas 283 foram à Assembléia Legislativa para votar. Segundo Fernando Barnabé, a prefeitura pressionou os filiados para esvaziar o pleito. 

O deputado Paulo Cézar Martins tem a mesma opinião que Barnabé. De acordo com ele, o PMDB precisa ser melhor gerenciado. 

 

Já o ex-presidente do diretório metropolitano, deputado estadual Bruno Peixoto, rebateu as críticas e disse que a eleição foi conduzida dentro da normalidade. 

Da repórter Giuliane Alves

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757