Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Paulo Garcia em uma de suas últimas aparições como prefeito em 2016 (Foto: Rubens Salomão/Portal 730)
paulogarcias
Casado com a médica Tereza Beiler, Paulo de Siqueira Garcia, nascido em Goiânia aos 13 de maio de 1959, deixa ela e dois filhos. Natural de Goiânia, era médico neurocirurgião, formou-se na Universidade Federal de Goiás (UFG).

A vida política de Paulo Garcia teve início ainda no meio acadêmico e nos movimentos da área da Saúde, quando foi inclusive presidente da Unimed Goiânia.

Antes de ser eleito vice-prefeito de Goiânia, ele foi secretário de organização do PT Municipal de Goiânia, suplente de vereador também na Capital em 2000 e então deputado estadual de Goiás, no período de 2002 a 2006.

Em 5 de outubro de 2008, foi eleito vice na chapa que reelegeu Iris Rezende (PMDB) para o comando do Paço Municipal. Na época, a aliança entre PT e PMDB, além de demais siglas da coligação, garantiu a vitória no primeiro turno das eleições.

Paulo Garcia assumiu a prefeitura no dia 1º de abril de 2010, logo depois da renúncia de Iris Rezende para disputar o governo do Estado de Goiás. Em 2012 foi reeleito e permaneceu até o final de 2016. Quem o conhecia diz que ele afirmava, por diversas vezes, que se orgulhava de ser um dos poucos goianienses a chefiar o Executivo Municipal. Entre 1979 e 1982, Indio Artiaga havia sido o primeiro a realizar este feito.

Entre os principais feitos de Paulo Garcia na Capital estão a construção do Parque Macambira-Anicuns, as ciclovias e ciclofaixas pelas ruas e ligando os principais parques da cidade, assim como a implantação do sistema de bicicletas compartilhadas.

Uma das últimas aparições do petista à frente da Prefeitura de Goiânia foi na inauguração da ponte da Rua 1018, que liga o Setor Pedro Ludovico ao Jardim Goiás, ocorrida em 29 de dezembro de 2016.

Em 2014, Paulo Garcia já havia perdido o irmão Altamir Garcia Edreira Júnior, vítima de câncer. Ele fazia tratamento em São Paulo contra a doença desde 2013. Em abril de 2016, faleceu a mãe do ex-prefeito, a juíza Maria Aparecida Garcia, também por infarto.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757