Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

A primeira-dama de Goiânia, Íris de Araújo, o presidente Michel Temer, o prefeito Iris Rezende e o ministro-chefe da Casa Civil Eliseu Padilha (Foto: Divulgação)
irisrgfs
O prefeito de Goiânia, Iris Rezende (PMDB), se encontrou nessa quarta-feira (18), com o presidente da República, o também peemedebista Michel Temer, em Brasília.

No encontro, que durou cerca de 50 minutos, acompanhado da primeira-dama, Íris Araújo, o prefeito foi recebido no gabinete do presidente, no Palácio do Planalto. Iris voltou a manifestar apoio a Temer, como já havia feito durante vistoria de obras no Parque Cascavel.

“Foi uma visita de cortesia. Eu e a Íris viemos reafirmar o nosso apoio ao presidente, pois o Brasil não pode sofrer um novo abalo na economia e na política”, disse o prefeito.

Sobre o risco de paralisação de obras federais em Goiânia, a exemplo do BRT Norte-Sul, o prefeito revelou que não aprofundou em assuntos específicos com o presidente, pois tem acompanhado os secretários pessoalmente nas audiências com os ministros para dar celeridade às obras. “Todos os projetos do município com a União estão em andamento. Neste momento, estou me esforçando pessoalmente em Brasília para Goiânia garantir todos os recursos possíveis”, disse.

Em nota, a Prefeitura afirma que as obras do BRT foram paralisadas temporariamente por motivo de suspeita de superfaturamento em alguns itens da planilha contratual da obra, apontados pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e Controladoria Geral da União (CGU). Leia, a seguir, a nota na íntegra.

Nota a respeito do BRT

“A Prefeitura de Goiânia informa que as obras do BRT foram paralisadas temporariamente em virtude de apontamentos de sobrepreço, realizados pelos órgãos de controle (TCU e CGU) em alguns itens da planilha contratual da obra. Esses questionamentos remetem ao orçamento da licitação, que ocorreu em 2014. As obras serão retomadas assim que os ajustes solicitados pelos órgãos de controle forem realizados. O prefeito Iris Rezende tem se empenhado pessoalmente para que qualquer vício de origem no processo seja resolvido com rapidez, visto que a obra é prioridade desta administração.”

Prefeitura e Governo Federal juntos em 13 obras na Capital

Em Goiânia, o prefeito está em processo de viabilização de 13 grandes obras na que já foram aprovadas por inúmeros ministérios. Cerca de R$ 100 milhões já foram liberados. O processo está em fase de apresentação de documentos e parte dos recursos serão liberados ainda neste ano. Dentre as mais importantes está a aquisição de uma nova usina de asfalto para pavimentação e recuperação no valor de R$ 2 milhões. O projeto viabilizará a recuperação da canalização do córrego Botafogo (trecho Avenida Goiás Norte à Avenida Jamel Cecílio) no valor de R$ 35 milhões.

Ainda segundo a assessoria da Prefeitura, outra demanda da Capital, o cruzamento da Avenida Jamel Cecílio com a Marginal Botafogo, será contemplado com dois viadutos que ligarão os bairros Jardim Goiás e Jardim Novo Mundo com investimento de R$ 43 milhões. O residencial Vale dos Sonhos II também garantiu R$ 4 milhões para pavimentação. A expectativa é de que a licitação seja aberta ainda neste segundo semestre.

No Esporte, a construção de oito praças esportivas está em ritmo acelerado. As obras do Residencial Tempo Novo e Jardim Mariliza têm previsão de inauguração ainda em 2017. Outras seis novas praças esportivas no Jardim do Cerrado 4, Residencial Itaipu, Residencial Buena Vista III, Residencial Orlando de Moraes, Residencial Santa Fé e Residencial Morada do Sol já estão com obras de terraplanagem, com convênio em vigência de quase R$ 4 milhões e R$ 100 mil de contrapartida da Prefeitura de Goiânia.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757