Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Câmera no cruzamento das Avenidas T-10 e T-15 (Foto: Google Street View)
camerasdegusra
Agora é pra valer! A Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMT) iniciou, nesta segunda-feira (17), às 7h da manhã, a fiscalização por câmeras de videomonitoramento na região do Parque Vaca Brava, no Setor Bueno, em Goiânia.

Na semana passada, os agentes estiveram nos principais cruzamentos do parque distribuindo panfletos com orientações e informações sobre a campanha. Só na segunda-feira (10), cerca de 200 infrações foram registradas, mas os motoristas não foram multados, porque a ação era apenas educativa.

O titular da SMT, Fernando Santana, afirma que o maior número de infrações ocorreu pelo uso de celular ao volante. “Foi exatamente o uso de celular, seguido de falta do cinto de segurança, invasão da faixa de pedestres e estacionamento em local irregular”, afirma.

São 10 equipamentos de alta resolução no entorno do Parque Vaca Brava, cada uma com alcance de 500 metros. Fernando Santana explica que nos próximos meses terá início a fiscalização em outras regiões da capital.

“O próximo, que já está mais adiantado, é o corredor universitário, que é a Rua 10 e a Praça Universitária, e vamos chegar até a Praça da Bíblia. Depois vamos para o aeroporto. Estamos também trabalhando e estudando uma parceria com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-GO) para que possamos utilizar todas as câmeras que eles têm, que são mais de 200, quase 300”, esclarece.

Avançar o sinal vermelho na madrugada

O funcionamento das câmeras de videomonitoramento é 24 horas. No entanto, o secretário de Trânsito esclarece que, no final da noite e início da madrugada, entre as 23h e as 4h59 da manhã, os motoristas que, por questões de segurança, avançarem o sinal vermelho, não serão multados.

“À noite, por questões de segurança, passar no semáforo no sinal vermelho, a pessoa vai poder passar, desde que ela esteja dentro da velocidade permitida. Se ele exceder a velocidade, não pode. É preciso chegar no cruzamento, em velocidade baixa, olhar se não está passando nada e vai embora. Não precisa se preocupar porque não vai ser multado por isso”, afirma.

Legalidade das imagens:

Sobre a denúncia do deputado estadual José Nelto (PMDB), que questiona a legalidade das imagens das câmeras de segurança, Fernando Santana aponta que não há ilegalidade na ação de fiscalização.

“Estamos rigorosamente trabalhando dentro da lei, isso é previsto no código de trânsito brasileiro (CTB), não estamos de forma alguma desobedecendo as normas do CTB. Somos representantes da lei dentro do município também. Temos total tranquilidade e segurança no trabalho que estamos fazendo”, pondera.

Confira a seguir as infrações e multas que serão captadas pelas lentes das câmeras no Parque Vaca Brava:

Infração Média (4 pontos):

- Jogar ou abandonar lixo nas vias;

- Estacionar nas esquinas;

- Parar o veículo sobre a faixa de pedestres;

- Estacionar o veículo onde há sinalização de proibido estacionar;

- Dirigir o veículo transportando animais sem a observância das normas.

Infração grave (5 pontos):

- Condutor ou passageiro sem cinto de segurança;

- Estacionar o veículo sobre o passeio/calçada;

- Estacionar o veículo sobre a faixa de pedestres;

- Estacionar o veículo sobre ciclofaixa fora do período permitido;

- Estacionar em fila dupla;

- Estacionar o veículo onde há sinalização de proibido estacionar e parar.

Infração gravíssima (7 pontos):

- Falar ao celular;

- Conduzir motocicleta sem capacete ou com o farol desligado;

- Avançar o sinal vermelho do semáforo;

- Transportar criança em veículo automotor sem a observância das normas.

Titular da SMT, Fernando Santana (Foto: Johann Germano/Portal 730)
fsantana

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757