Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail


Iris e equipe de governo durante vistoria às obras do Parque Cascavel (Foto: Giuliane Alves/Portal 730)
iriscascavel
O prefeito de Goiânia, Iris Rezende (PMDB), vistoriou na tarde desta quinta-feira (13) o andamento das obras de requalificação e de drenagem do Parque Cascavel, localizado na divisa dos setores Jardim Atlântico, Vila Rosa e Residencial Privê Atlântico, região Sudoeste de Goiânia.

De acordo com a Prefeitura, neste primeiro momento, os trabalhos são realizados pela Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma) para desassoreamento do lago para que, em seguida, sejam realizadas as obras de construção de barreiras de contenção e galerias pluviais nas proximidades da unidade de conservação. A visita à área verde foi acompanhada pelo presidente do órgão ambiental do município, Gilberto Marques Neto. Segundo Iris, a obra teve problemas após três anos da implantação do parque, decorrentes de uma galeria de esgoto fluvial “trazendo água até do município de Aparecida de Goiânia, na região metropolitana, ao invés de passar paralelamente e cair abaixo da represa”. O peemedebista garantiu que vai corrigir o erro.

“Inúmeros prédios surgiram e outros foram se implantando, e pela altitude do local, ele naturalmente é preferido por aqueles que querem investir em apartamento. Vamos embelezar e consertar os defeitos e fazer daqui um ponto de visita”, garante Iris Rezende, acrescentando que o objetivo é criar pontos turísticos na capital. De acordo com o presidente da Amma, os trabalhos estão sendo executados com o objetivo de, , resolver a problemática que envolve o Parque Cascavel. Segundo ele, as obras já acontecem há um mês e as medidas que foram tomadas ao longo dos últimos anos para conter o assoreamento do lago do parque foram apenas paliativas.

“Sem a execução de um projeto definitivo para conter a água das chuvas, as obras precisam ser refeitas anualmente e geram altos custos para os cofres públicos”, pontuou Gilberto, explicando a discussão do projeto com técnicos da Seinfra.  Sobre as obras de drenagem, o titular da Seinfra, Fernando Cozzetti, explicou que já existe um projeto e que parte dele foi executado pela gestão passada, mas não foi concluído. É possível, de acordo com ele, a continuidade desse trabalho priorizando a construção de barragens de contenção, gabiões e enrocamentos, que são revestimentos das paredes do leito do córrego com pedras, além da recuperação das tubulações de água de maior descarga à montante do parque.

“O trabalho que já foi feito não foi perdido, como é o caso da estrutura de contenção do talude da Rua do Siri. Precisamos dar continuidade ao projeto e devolver o parque à população”, explicou o secretário. Além do presidente da Amma, Gilberto Marques Neto, e do secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Fernando Cozzetti, a comitiva da vistoria foi formada pelo presidente da Câmara Municipal de Goiânia, vereador Andrey Azeredo, Luiz Felipe (Comunicação), Denes Pereira (Comurg) e Agenor Mariano (Seplanh).

 

 

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757