Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Edward Madureira (Foto: Larissa Artiaga/ Portal 730)
edward1
O reitor eleito da Universidade Federal de Goiás (UFG), Edward Madureira, concedeu nesta sexta-feira (07), uma entrevista exclusiva à Rádio 730. Madureira - que já foi reitor da UFG entre 2006 e 2013 - deve assumir o cargo em 2018, com mandato até 2022.

Durante a conversa com os jornalistas Cléber Ferreira, Eduardo Horácio, e Rubens Salomão, o reitor eleito fez uma análise do impacto da crise político-econômica para a Universidade.

Segundo Edward Madureira, mesmo lidando com cortes no orçamento, a instituição não fechará cursos. “O Brasil atende hoje menos de 17% dos jovens de 18 a 24 anos. O Plano Nacional de Educação prevê para 2024 uma expansão para atender 33% dos jovens nessa faixa etária. Para cumprir esse Plano nós teríamos que dobrar o número de estudantes atendidos pelo sistema e eu não vejo como isso poderia acontecer. Eu acredito que não haverá encolhimento, mas vejo com tristeza a não-expansão”, pontua Madureira.

Atualmente a comunidade universitária da UFG compreende aproximadamente 16 mil pessoas. Um dos temas que pautou a eleição para a reitoria foi a segurança nos Campus I e II, localizados em Goiânia. Segundo dados da Gerência de Segurança Institucional da UFG, o número de roubos à mão armada registrados no Campus II (Samambaia) aumentou 115, 4% entre os anos de 2015 e 2016.

Foto: Portal 730
edwardestudio
Edward Madureira explica como trabalhará para reduzir a violência nos Campus e não descarta a articulação de parcerias com as Polícias Federal e Militar. “Existe um entendimento de que, por ser uma área federal, determinados organismos de segurança não podem entrar na Universidade. Isso não é verdade. Queremos estabelecer um diálogo muito próximo com os órgãos de segurança, e vamos trabalhar para isso.  Isso não quer dizer que implantaremos o policiamento ostensivo no Campus, até porque as universidades que tem o policiamento ostensivo não tem tido redução dos índices de violência”, avalia.

Madureira e a vice Sandramara Matias foram eleitos no dia 28 de junho, com 5.762 votos. O segundo lugar ficou com Luiz Mello e José Alexandre, que obtiveram 2.647 votos. O terceiro lugar foi de Reginaldo Nassar e Neurício Ricardo, que tiveram 888 votos. Em quarto lugar ficaram Romualdo Pessoa e Leandro Oliveira, com 364 votos.

 

Confira a entrevista na íntegra:

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757