Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Divulgação
goianiagoa
Já está interditado desde as 21h desta segunda-feira (3) o trecho da Avenida Marginal Botafogo entre a Avenida Goiás Norte e o viaduto da Rua 243, próximo ao Cepal do Setor Sul, no sentido Centro-Setor Pedro Ludovico.

O prazo para conclusão das obras de recuperação de dois pontos da vida, que corriam o risco de desbarrancar, é de 30 dias. Os trabalhos estão sendo executados por equipes da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra) desde a manhã desta terça-feira (4).

As obras estão sendo realizada no mês de julho, por conta do recesso escolar, que acarreta em um menor fluxo de veículos na via. Apesar do prazo de um mês, o prefeito Iris Rezende (PMDB) pede a celeridade nos trabalhos para que, se possível, terminem antes do previsto.

“A previsão é para 30 dias mas eu quero ver se, quem sabe, com 10 dias, com 15 dias, trabalhando de dia e de noite, sábado e domingo, nós possamos regularizar o tráfego na avenida”, afirma.

O titular da Secretaria Municipal de Trânsito, Transporte e Mobilidade (SMT), Fernando Santana, diz que, a princípio, não serão necessários novos desvios por conta das obras na principal via de ligação entre as regiões Norte e Sul de Goiânia.

“Acreditamos que esta realmente é a melhor opção. Nosso agentes vão estar lá presentes orientando e conduzindo o condutor. As vias alternativas são de grande porte também e vão suportar plenamente esse fluxo”, afirma.

O secretário destaca ainda que estudará a possibilidade de instalação de equipamentos fotossensores ao longo do trecho durante o período de interdição.

“Queremos instalar as bareiras eletrônicas, porque lá nunca teve. Vamos aproveitar também este momento para estar instalando para que, quando houver a liberação, ocorra com uma nova roupagem e com a informação de tudo estará bem e operando”, conclui.

 

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757