Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail


Prefeito assina decreto que autoriza modalidade pré-paga do serviço de táxi partindo do aeroporto da capital (Foto: Johann Germano/Portal 730)
irisdecreto
O prefeito Iris Rezende (PMDB) assinou nesta terça-feira (4), em solenidade no Paço Municipal, o decreto que autoriza o táxi pré-pago na capital, válido somente para corridas partindo do Aeroporto Santa Genoveva, no Setor Jardim Guanabara.

O serviço, que já existe em outras capitais do país, permite ao usuário fazer o pagamento antecipado da viagem, por meio de uma tabela fixa calculada pelo sistema. A tarifa é a mesma válida para todos os táxis de Goiânia, cujo valor é de R$ 2,52 por quilômetro rodado, e o passageiro pode optar por pagar no balcão de atendimento dentro do aeroporto ou ao final da corrida, direto para o motorista.

De acordo com Iris Rezende, a nova opção para o usuário do transporte individual tem como um dos objetivos proporcionar maior segurança na hora de escolher o serviço. “É uma questão que precisa ser bem estudada, bem decidida, porque fala diretamente aos interesses, à segurança da população de Goiânia e no uso do transporte de táxi”, afirma.

Segundo o presidente da Associação dos Permissionários do Serviço de Táxi do Município de Goiânia (Aspertagyn), Hugo Nascimento, o sistema pré-pago permite ao usuário obter o cálculo prévio da distância a ser percorrida e o valor a ser gasto.

“A grande dúvida do usuário é: qual o melhor caminho? O sistema calcula o caminho mais próximo por GPS e a cobrança é feita em cima desse caminho que é projetado pelo sistema. Não é que saia mais barato, mas você terá a certeza que aquele é o melhor caminho a se fazer e, obviamente, o preço vai ser o mais justo”, garante.

Os valores serão estabelecidos de acordo com as bandeiras e distância dos setores em Goiânia e Aparecida de Goiânia. No caso, a planilha elaborada pela Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMT) apresenta valores que variam de R$ 18 a R$ 139. Serão implantados guichês no aeroporto e os usuários terão como optar pelo pagamento em dinheiro ou cartão, além da convencional cobrança via taxímetro.

Atualmente, 120 veículos estão cadastrados para operar viagens a partir do Aeroporto de Goiânia. Segundo a Aspertagyn, o objetivo é aumentar a frota para 138. 

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757