Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Tapetes tomarão toda a extensão do anel interno da Praça Cívica (Foto: Jerônimo Junio/Portal 730)
corpuschristi
Cerca de 600 jovens trabalham desde o início da manhã desta quinta-feira (15) na confecção dos tradicionais tapetes para celebração de Corpus Christi, no Setor Central, em Goiânia. O Padre Arthur da Silva Freitas, em entrevita ao repórter Jerônimo Junio, destaca o significado das comemorações.

“É a celebração do sacramento da eucaristia, instituído por Jesus. O corpo e o sangue do Senhor que, entre nós, representa a sua presença real e realiza nossa unidade enquanto cristãos. A igreja está reunida para celebrar esta festa da unidade, do amor de Deus que nos faz uma só família, um só corpo”, afirma.

Verdadeiras obras de artes estendidas sobre o asfalto, compostas por serragem colorida, sal grosso, farinha de trigo, areia entre outros materiais, que ocuparão toda a extensão do anel interno da Praça Cívica. Em Goiânia, Corpus Christi é celebrado desta forma há 15 anos. O Padre Arthur Freitas contextualiza as celebrações.

“Desde o Brasil colônia há essa tradição no país, herdada exatamente por Portugal. O povo tem este costume, essa devoção de preparar os tapetes para a procissão eucarística que segue após a celebração da missa”, explica.

A jovem Paula Michaeli Ferreira Bueno, da Paróquia Imaculada Conceição de Maria, destaca o que significa, para ela, trabalhar na confecção dos tapetes.

“A confecção dos tapetes é mais do que um simples trabalho. É a arte para que as pessoas vejam e sintam alguma coisa, vejam nisso algo bom que edifica, e que entendam o sentido do Corpo de Cristo, a eucaristia é algo muito importante para os católicos, especialmente neste dia”, resume.

A confecção dos tapetes termina por volta das 12h. Cada paróquia tem um espaço de cerca de 25 metros para fazer cada painel sobre o chão. A procissão tem início às 17h, horário em que também será celebrada uma missa e os fieis caminharão sobre os tapetes.

Até o final das comemorações, os veículos poderão trafegar somente pelo anel externo da Praça Cívica. No ano passado, a expectativa era de que 7 mil pessoas participassem do evento, número que foi superado. Para a celebração de Corpus Christi deste ano, são esperadas cerca de 10 mil pessoas. 

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757