Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

No Hugo, motorista da Kombi concede depoimento à titular na Dict (Foto: Polícia Civil/Divulgação)
nildadict
O motorista que conduzia a Kombi no acidente que resultou na morte de uma mulher e deixou outras nove pessoas feridas no último domingo (11), concedeu depoimento à titular da Delegacia Estadual de Investigação de Crimes de Trânsito (Dict), Nilda Andrade.

Ouça na íntegra

José Carlos da Silva, de 63 anos, permanece no Hospital de Urgência de Goiânia (Hugo), e conversou com a delegada ainda no leito do hospital. Segundo ele, o acidente aconteceu porque ele dormiu ao volante. “Eu dormi no volante. Eu vi o semáforo verde, um pouco distante, e quando acordei já estava em colisão com o poste”, relata.

Na manhã em que ocorreu o acidente, ele e outros nove funcionários de um buffet voltavam de um evento, que começou na tarde de sábado (10) e terminou na madrugada de domingo (11).

O motorista conta também que estava há dois anos na empresa, e que trabalhava em média de três a quatro vezes na semana. Os eventos, segundo ele, costumam começar às 14h de um dia e terminam por volta das 4h do dia seguinte. Ao final da festa no domingo, o homem relata que uma das metres que compõem a equipe lhe entregou a chave da Kombi dizendo "Este aqui é um presente para você, José Carlos". Ele respondeu "Eu?"

Na semana passada, ele conta que trabalhou em quatro eventos seguidos, desde quarta-feira (7), todos pela mesma empresa, e que após a festa de domingo, alguns dos funcionários estavam se dirigindo para outra festa, já naquela manhã.

A reportagem do Portal 730 tentou entrar em contato com a empresa Hanna Buffet, mas as nossas ligações não foram atendidas até o momento desta publicação.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757