Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Maria Izabel de Melo e Maria Machadão debatem o tema prostituição no Sarau 730, com Cléber Ferreira (Foto: Portal 730)
debateprostituicao
O Sarau 730 deste sábado (10) coloca em pauta o assunto: a prostituição deve ser regulamentada como uma profissão? Se sim, quais mudanças seriam feitas? A profissional seria prejudicada financeiramente? A legalização não significaria a descriminalização (que já existe), mas a admissão da prostituição como profissão, que implicaria, por exemplo, no pagamento de imposto profissional por parte das mulheres prostitutas.

Para debater o tema, recebemos Maria Izabel de Melo, advogada e professora, especialista em Direito e Processo Civil, coordenadora adjunta do curso de Direito e do Núcleo de Prática Jurídica do Centro Universitário Alves Faria (UniAlfa), atuante nas áreas cíveis e trabalhistas.

Para completar a mesa, Maria Machadão, a proprietária da Estância MM, situada em Aparecida de Goiânia. Além de participações de profissionais do sexo e enquetes com a opinião dos ouvintes sobre a regulamentação da prostituição.

O Sarau 730 é um programa do departamento de jornalismo da Rádio 730, com direção de áudio de Roberval Silva, produção de Jordanna Agatha e apresentação do jornalista Cléber Ferreira. É neste sábado, às 19h. Não perca!

Roberval Silva (à esq.), Jordanna Agatha (centro) e Cléber Ferreira recebem convidadas no Sarau 730 (Foto: Portal 730)
debateprostituicaoa

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757