Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Henrique Luiz
investgoverno
O governador Marconi Perillo (PSDB) assinou nesta quinta-feira (8), no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, em Goiânia, três editais para disponibilizar R$ 26,3 milhões para projetos em inovação. A análise dos pedidos será pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg) e pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SED). O objetivo do governo é fomentar os parques tecnológicos, implantar e consolidar ambientes de inovação e também estimular a criação de startups.

Mais de 100 pessoas, entre representantes do setor produtivo, de empresas de tecnologia e das universidades goianas, presentes na solenidade, ouviram do governador afirmar que esses recursos criam condições adequadas para fomentar pesquisas baseadas em inovação tecnológica, como forma de modernizar práticas, atrair empresas e gerar empregos. “Esses investimentos certamente fortalecerão ainda mais a Fapeg, cujas pesquisas estão criando bases muito sólidas para que Goiás dê um salto cada vez mais significativo na área da competitividade e da produtividade”, declarou.

Marconi lembrou da ocasião em que participou de um fórum mundial na China, em 2011, em que o primeiro ministro chinês expôs o plano decenal daquele país. “Fiquei impressionado com as palavras do primeiro ministro, à época. Tudo que ele falava tinha haver com clima, com tecnologia, com inovação. Um plano globalizado que representam o futuro e a modernidade”, afirmou, ao reforçar a dimensão singular dos investimentos que estão sendo disponibilizados.

Superintendente executivo de Ciência e Tecnologia da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SED), Mauro Faiad afirmou que Marconi possui a consciência que, para Goiás crescer de maneira sustentável, deve estar lastreado com políticas e investimentos em inovação e qualificação de mão de obra. “Na qualificação já avançamos muito. Agora, estamos avançando nesse outro pilar, que é da inovação tecnológica. Os recursos vão contemplar parques tecnológicos, startups, micro e pequenas empresas de base tecnológica, com recursos não reembolsáveis. Um forte indício de que o Governo de Goiás aposta tudo e um pouco mais na inovação como forma de continuar crescendo bem acima da média nacional”, avaliou.

Para a presidente da Fundação de Amparo a Pesquisa de Goiás (Fapeg), Maria Zaira Turchi, os investimentos anunciados mostram que o governo está alinhado para alcançar o propósito que é transformar Goiás em um Estado mais competitivo e mais inovador. A inovação, explicou, “define avanços, desenvolvimento econômico e desenvolvimento científico para o Estado de Goiás. Marconi tem muito claro esse propósito e determinou que trabalhássemos muito fortemente para alcançarmos esse resultado”, contou. “Isso não é gasto, é investimento”, sublinhou.

Do Goiás Agora

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757