Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Divulgação
wilmarrochasad
Com o objetivo de melhorar o indicador saneamento básico adequado,  a Secretaria das Cidades, do Meio ambiente e dos Recursos Hídricos (Secima) realizou em Goiânia um encontro com prefeitos e secretários de municípios com até 5 mil habitantes. Em Goiás são 116 cidades nesta condição, a grande maioria delas sem sistema público de coleta de esgoto.

No evento foram realizadas palestras na área de saneamento básico, com foco na construção de fossas sépticas com sumidouros.

O titular da Secima, Wilmar Rocha, diz qual será o papel da secretaria no processo.

A gerente de políticas habitacionais e saneamento, Marisa Pignataro, detalha como é o modelo de fossa almejado pelo governo estadual.

Para o presidente da Federação Goiana dos Municípios, Haroldo Naves, somente com parcerias as pequenas cidades conseguem fazer obras de saneamento básico.

De acordo com dados do IBGE, em Goiás 76% da população conta com sistema de esgotamento sanitário, com rede pública ou particular. A meta do governo estadual é elevar este índice para 80% até o próximo ano.

Do repórter Gerliézer Paulo

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757