Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Divulgação
irisrezende
O presidente Iris Rezende (PMDB) prestou contas do primeiro quadrimestre da gestão à frente da prefeitura de Goiânia na manhã desta segunda-feira (29) na Câmara Municipal de Vereadores.

Durante a prestação, que durou quatro horas, o peemedebista disse que está conseguindo “colocar a casa em ordem”. A receita apurada no período foi de R$ 1.440 bilhões, enquanto as despesas líquidas utilizaram 42,6%, o que totaliza R$ 680 milhões, ficando abaixo do limite constitucional que é de 54%.

Segundo Iris, foram economizados R$ 245 milhões, número 92% acima da meta prevista para 2017. O prefeito ressaltou que assumiu o cargo já com salários da Saúde atrasados, e que conseguiu deixá-los em dia, assim como os vencimentos de fornecedores da Prefeitura e compromissos como IMAS, IPSM, consignados e ressaltou a retomada de obras como BRT na Avenida Goiás Norte e Maternidade Oeste.

Comurg

Na prestação de contas, Iris Rezende falou sobre o corte de gastos na Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg), que geraram economia de R$ 32 milhões, dos quais R$ 22 milhões eram de cargos de chefia.

Educação

O prefeito reiterou a convocação de 50% dos professores e administrativos aprovados em concurso, além de cerca de 2 mil novos servidores.

A prestação de contas dos primeiros quatro meses do atual prefeito ocorreu no plenário, sob comando do presidente da comissão, Lucas Kitão (PSL). Andrey Azeredo, que preside a Casa, abriu a reunião agradecendo a presença do prefeito e ressaltou a importância da harmonia entre os dois poderes.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757