Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Marco Monteiro
marconisudoeste
Durante Encontro Regional do Programa Goiás na Frente, na presença de 30 prefeitos, vice-prefeitos e vereadores da região, o governo estadual assinou nesta segunda-feira (22), em Jataí, ordens de serviço que totalizam R$ 311 milhões para incrementar o desenvolvimento da região sudoeste.

O governador Marconi Perillo (PSDB) destacou o nível de maturidade política existente atualmente em Goiás edefendeu a reforma da Previdência, dizendo que os Estados não podem mais conviver com o déficit previdenciário. No caso do Estado, enfatizou que “a obrigação nossa é trabalhar para os 7 milhões de goianos”.

Perillo destacou que os recursos do programa servirão desde moradores com residências em ruas que necessitem de reparos para gerar empregos. Ele pediu aos prefeitos que se organizem, destinando áreas, para que em parceria com o Estado e a Caixa sejam construídas novas moradias. 

O governador anunciou ainda que já pagou as primeiras parcelas dos municípios e, nesta terça-feira (23) recebe mais um grupo de seis prefeitos para repassar a primeira parcela do convênio. Para a região sudoeste, serão aplicados R$ 311 milhões, em obras e serviços em várias áreas.

O vice-governador José Eliton (PSDB) disse que o Goiás na Frente permite que os cidadãos exerçam a cidadania. “Esse programa é voltado para atender às expectativas dos municípios, depois que o governador atendeu a cada um dos 246 prefeitos”, afirmou, ao destacar que o Governo do Estado promoveu uma série de ajustes para garantir numa etapa seguinte o maior programa de investimentos do País – o Goiás na Frente.

“No momento em que o País vive um clima de perplexidade política, é preciso equilíbrio e firmeza para sair da crise, além de bons exemplos, como o programa Goiás na Frente, que vira a página da crise”, observou José Eliton, acrescentando que os investimentos atingem o patamar de R$ 9 bilhões, entre recursos públicos e parcerias com a iniciativa privada.

No Sudoeste, o governo estadual anunciou a destinação de R$ 311 milhões, assim distribuídos: R$ 100 milhões para obras estruturantes, R$ 28 milhões para a Educação; R$ 20 milhões para a Saúde, R$ 3 milhões para desenvolvimento regional, ciência, tecnologia e inovação; R$ 9,8 milhões em saneamento, R$ 101 milhões em habitação; R$ 4,5 milhões em Segurança Pública e R$ 45 milhões para pavimentação asfáltica e recapeamento de vias urbanas.

Com informações do Goiás Agora

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757