Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Sérgio Willian/Goiás Agora
goiasnafrenteipes
Mais 45 municípios nas regiões de abrangência de Ipameri e Goiatuba serão beneficiados com assinaturas de ordens de serviços do programa Goiás na Frente, do governo estadual, para construção de 3.302 unidades habitacionais, com investimentos de R$ 33,1 milhões.

O governador Marconi Perillo e o vice-governador José Eliton, ambos do PSDB, assinam as ordens de serviço nesta terça-feira (9) durante os Encontros Regionais do programa, que acontecem nestes dois municípios.

Em Ipameri, o encontro acontece a partir das 9h da manhã, no Pavilhão Diocesano da Catedral do Divino Espírito Santo, no Centro da Cidade. À tarde, em Goiatuba, às 15h, no Centro Universitário Unicerrado, Jardim Santa Paula. O presidente da Agência Goiana de Habitação (Agehab), Luiz Stival, acompanha a agenda do governador nos dois municípios.

Luiz Stival destaca que os recursos do Cheque Mais Moradia já estão disponíveis para a contratação das moradias. “O governador Marconi pediu agilidade no processo. Os prefeitos devem apresentar as áreas regularizadas para a contratação junto à Caixa Econômica Federal”, frisa o presidente da Agehab, Luiz Stival.

De acordo com o governo, no município de Ipameri, serão assinadas ordens de serviço colocando à disposição de 23 municípios da região R$ 17 milhões e 580 mil em Cheque Mais Moradia para construção de 1.758 unidades habitacionais. Serão beneficiados os seguintes municípios: Anhanguera, Caldas Novas, Campo Alegre de Goiás, Catalão, Corumbaíba, Cristianópolis, Cumari, Aurora, Orizona, Ouvidor, Palmelo, Pires do Rio, Santa Cruz de Goiás, São Miguel do Passa Quatro, Silvânia, Três Ranchos, Urutaí e Vianópolis. Os municípios atendidos pelo programa são os que ainda apresentam déficit habitacional, de acordo com levantamento do Ministério das Cidades, tendo como base dados do Censo e da Fundação João Pinheiro.

Já em Goiatuba, serão assinadas ordens de serviço para construção de 1.544 unidades habitacionais, com investimentos da ordem de R$ 15 milhões e 440 mil, beneficiando 22 municípios. Os municípios contemplados são: Água Limpa, Aloândia, Bom Jesus de Goiás, Buriti Alegre, Cachoeira Dourada, Cromínia, Edealina, Edéia, Goiatuba, Inaciolândia, Itumbiara, Joviânia, Mairipotaba, Marzagão, Morrinhos, Panamá, Piracanjuba, Pontalina, Porteirão, Professor Jamil, Rio Quente e Vicentinópolis.

O programa destina R$ 9 bilhões para melhoria de infraestrutura e qualidade dos serviços do Estado. O governo estadual garante que vai investir R$ 1 bilhão em habitação de interesse social, sendo R$ 300 milhões em Cheque Mais Moradia, R$ 600 milhões da parceria com a Caixa Econômica Federal e R$ 100 milhões de contrapartida dos municípios, com a doação dos terrenos regularizados para construção.

Com informações do Goiás Agora

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757