Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Divulgação
lixos
Um levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) aponta que o brasileiro produz, em média, 78 milhões de toneladas de lixo por ano, dos quais 30% poderiam ter sido aproveitados, mas somente 3% são reciclados.

De 2004 a 2014 o número de municípios que implantaram programas de reciclagem subiu de 81 para mais de 900, mas o número representa apenas 17% das cidades brasileiras. Brasília, a capital federal, por exemplo, não possui aterro sanitário.

No Brasil, são poucas as cidades que possuem aterros sanitários, Aparecida de Goiânia é uma delas. Segundo o secretário de Desenvolvimento Urbano da cidade, Max Mendes, o município tem o plano de tratar não só o lixo, mas também o chorume, que é o líquido proveniente do lixo orgânico.

De acordo com Max Mendes, a secretaria tem se esforçado para cumprir a Lei de Resíduos Sólidos.

Mesmo que o governo tenha apoiado a construção de aterros em 180 municípios do estado no mês passado, ainda existem cidades em que o lixo é descartado em locais sem tratamento. As capitais e municípios de região metropolitana terão até 31 de julho de 2018 para acabar com os lixões e implantar aterros Sanitários.

Da repórter Jordanna Ágatha

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757