Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail


Foto: Reprodução/ Internet
cantodeouro
O secretário municipal de Cultura, Kleber Adorno, reuniu-se na tarde desta terça-feira (11) com cantores e músicos goianos, na sede da Secult, para discutir o formato da 7ª edição do Festival Goiânia Canto de Ouro. A retomada do projeto, que surgiu em 2005, na gestão do prefeito Iris Rezende, é uma de suas promessas de campanha.

O festival tem início no dia 18 de maio, e irá movimentar o Centro Municipal de Cultura Goiânia Ouro. Serão 13 semanas de shows às quintas, sextas, sábados e domingos, com apresentações de mais de 70 artistas por semana. A programação será divulgada nos próximos dias.

O secretário destacou a importância do Canto de Ouro não só para os artistas como para a população goiana. “É um projeto democrático, coletivo, que estimula o talento, democratiza o acesso a boa música, forma público e desvela nossa identidade”.

Os artistas parabenizaram a iniciativa do prefeito e do secretário que, mesmo diante das dificuldades financeiras, se esforçaram para atender a demanda do setor cultural. “Este festival é uma oportunidade de fazer aquilo que nascemos para fazer, de mostrar nosso trabalho que já tem recebido o apoio das leis de fomento, de levar para o público apreciar. Além disso, é uma oportunidade de intercâmbio para os artistas”, definiu o músico e produtor cultural Luiz Chaffin.

Kleber confirmou, ainda para este semestre, a retomada dos projetos Chorinho e do Sons de Mercado.

Com informações da Prefeitura de Goiânia

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757