Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail


Foto: Luciano Magalhães Diniz/Site Portal Goiânia
autuado
A Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg) iniciou nesta sexta-feira (7) a limpeza de lotes e terrenos baldios que não foram roçados pelos proprietários.

Após promover a limpeza dos setores Sul, Parque Atheneu, Vila Redenção, Santa Genoveva, Leste Universitário, Parque Amazônia e da Marginal Botafogo, neste final de semana o mutirão será realizado nos setores Oeste, Coimbra, Bueno, Ville de France e Residencial Recanto dos Buritis.

Inicialmente, a companhia vai providenciar a limpeza de 80 lotes já vistoriados pela Agência Municipal de Meio Ambiente (AMMA). Em relação aos demais proprietários, o presidente do órgão Denes Pereira afirma que todos foram notificados na semana passada e que têm um prazo para limpar os terrenos.

“Automaticamente ele (proprietário) tem um prazo de oito dias para limpar o seu terreno. Não limpando, a Comurg vai entrar, a AMMA vai multar. Além da multa, nós vamos entrar e fazer a limpeza, e ainda vamos cobrar no ITU”, explica.

Os lotes que apresentarem grama ou capim acima de 25 centímetros serão roçados pela Comurg, que cobra R$ 2,32 por metro quadrado. A multa aplicada pela AMMA varia de R$ 250 a R$ 1 mil, dependendo da zona em que o lote está localizado.

Ainda segundo o presidente da Comurg, Goiânia possui cerca de 200 mil lotes baldios sem limpeza. 

Com informações do repórter Gerliézer Paulo

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757