Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Presidente da Comurg, Denes Pereira (Foto: Johann Germano/Portal 730)
comurg
Por conta do período chuvoso, a Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg) atende solicitação especial da administração da capital para reforçar a limpeza dos quatro cemitérios municipais, geridos pela prefeitura e pela Secretaria de Assistência Social (SAS).

O presidente da Comurg, Denes Pereira, concedeu entrevista exclusiva no quadro Meio Ambiente do programa Cidadania em Destaque, desta terça-feira (28), explica o motivo da ação nesta época do ano é mais complicada.

Ouça a seguir a entrevista completa

“É impressionante. A Comurg entra, faz toda a roçagem, a limpeza, e com 10 ou 15 dias depois parece que não teve nenhuma ação do poder público. Neste período chuvoso aumenta muito a questão do lixo, do entulho e, principalmente, do mato alto”, pontua.

A força-tarefa é realizada pela Comurg em parceria com a SAS, cujos servidores também fazem a manutenção dos cemitérios. Denes Pereira ressaltou que os locais também sofrem com depredações e vandalismo.

Entre as ações que serão a roçagem do mato, capina da grama, varrição, rastelação e remoção de lixo e entulho. O foco é a conservação das áreas comuns das unidades, já que a conservação dos túmulos e jazigos é de responsabilidade dos familiares.

A previsão é de que os trabalhos nos cemitérios Nossa Senhora de Sant'Ana, no Setor dos Funcionários; Parque, no Setor Granja Cruzeiro do Sul; o Vale da Paz, às margens da GO-020 e Jardim da Saudade, no Setor Parque dos Buritis, é de dez dias.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757