Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Y. Maeda
accorsi
As procuradoras do Estado de Goiás lançaram uma campanha de combate ao machismo, intitulada "Menos rótulo. Mais respeito". Nesta segunda-feira (20), a Assembleia Legislativa (Alego) realizou uma audiência pública para apoiar a ideia e para debater temas referentes às mulheres.

Um dos objetivos da campanha é o combate aos rótulos utilizados contra as mulheres, como a objetificação da figura feminina, além de preservar direitos femininos, como desta a procuradora Carla Von Bentzen.

“No caso da mulher, acontecem coisas como ‘Ah, ela está de TPM’, ou ‘Ela é uma oportunista’, ou se conseguiu uma promoção é porque conseguiu alguns gracejos com o chefe. Essas questões rotulam a mulher. Nós não somos avaliadas pela nossa competência, e sim como objetos”, pontua.

A deputada Adriana Accorsi (PT), que propôs a audiência ao lado do deputado Virmondes Cruvinel (PSD), aponta como a Assembleia pode ajudar na causa. “Nós aqui na Alego temos por obrigação protagonizar essa mudança cultural, para que nós não sejamos mais machistas e não promovamos essa discriminação”, pondera.

Com informações do repórter Gerliézer Paulo

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757