Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Rubens Salomão/Portal 730
marconirubensa
Durante solenidade nesta segunda-feira (6) que reuniu representantes do Trade Turístico goiano, no Palácio das Esmeraldas, em Goiânia, o governador Marconi Perillo anunciou as medidas voltadas para o desenvolvimento do Turismo em Goiás. A expectativa do governo estadual é atrair mais de 1 milhão de novos visitantes para o Estado e garantir retorno de R$ 1 bilhão na economia goiana já em 2017.

“Os investimentos no Turismo promovem um significativo efeito multiplicador da economia. Trata-se de uma área cuja resposta do mercado é muito rápida. Gera grande volume de emprego, direta e indiretamente, além de atrair novas. E nós no Brasil precisamos tratar do emprego mais do que nunca. A economia mais voltar a crescer”, afirmou Marconi.

O conjunto de ações tem como objetivo fortalecer a cadeia produtiva do turismo no estado e ao mesmo tempo impulsionar a geração de empregos e de renda, por meio da capacitação profissional. As dez novas medidas serão desenvolvidas em parceria com entidades do Trade Turístico de Goiás, prefeituras dos municípios goianos, Ministério do Turismo, Sebrae, Senac, UEG, Icmbio e Dnit.

Destinos como os municípios de Caldas Novas e Rio Quente, Pirenópolis e Cidade de Goiás, Chapada dos Veadeiros, Goiânia e Trindade, dentre outros, serão alvo de investimentos para a melhoria dos resultados econômicos do setor no ano de 2017. Atualmente o turismo representa 3,7% do PIB goiano.

“O turismo em Goiás tem crescido fortemente. Esse desenvolvimento implica em crescimento e maior competitividade econômica, mais pessoas empregadas, bem como o aumento da renda e da arrecadação tributária. Nós estamos falando aqui em investir R$ 4,1 milhão para arrecadarmos mais de R$ 1 bilhão e atrairmos mais 1 milhão de visitantes aqui para o Estado”, explicou Marconi.

Os R$ 4,1 milhões anunciados por Marconi são referentes ao primeiro item do conjunto das dez medidas. Trata-se de convênio com o Trade Turístico, que envolverá parceria com cinco entidades responsáveis pela realização dos serviços que objetivam a promoção de Goiás e de Goiânia como destinos turísticos.

Em discurso, o governador citou que estudos indicam nas dimensões “atrativos turísticos” e “marketing de promoção dos destinos”, Goiânia se encontra abaixo da média nacional em termos de competitividade turística, embora tenha amplo potencial a ser desenvolvido e incentivado.

Veja a seguir as 10 Medidas do governo estadual para o Turismo:

1. Trade Turístico de Goiás • O convênio com o Trade Turístico de Goiás terá investimento do Governo Estadual no valor de R$ 4,1 milhões e envolverá parceria com cinco entidades responsáveis pela realização dos serviços que objetivam a promoção de Goiás e de Goiânia como destinos turísticos.

2. Plano de Marketing • Serão destinados R$ 11,5 milhões de reais para a promoção da campanha “Goiás Lindo Demais”, com veiculação do conteúdo pela internet, TV, rádio e mídias impressas

3. Parques de Goiás • Investimento de R$ 1 milhão em projetos e melhorias nas unidades de conservação, incentivando a usabilidade dos equipamentos turísticos naturais do Estado.

4. Infraestrutura • Investimento inicial de R$ 3,2 milhões em plataformas flutuantes, com o objetivo de melhorar o acesso ao Rio Araguaia por meio das cidades de Aruanã e São Miguel do Araguaia. O montante também será utilizado para a implantação da casa do turismo em Goiânia.

5. Circuitos Turísticos • Com investimento de R$ 9,7 milhões vai fortalecer os circuitos turísticos de Goiás como: festival gastronômico, cavalhadas, circuito cultural, celebrar, criativo, vivências ao ar livre, sertanejo Goiás, circuito empresarial, do conhecimento e o circuito da fé e dos romeiros.

6. Missões Internacionais • Participação em feiras, promoção dos destinos prioritários e captação de investimentos para o setor.

7. Cooperações Técnicas • com foco no aumento da competitividade dos destinos e produtos turísticos de Goiás serão desenvolvidos projetos compartilhados entre a Agetop, Secima, UEG, Segplan, Sefaz, SED e Seduce.

8. Pesquisas e monitoramento • Com o objetivo de consolidar melhores resultados do turismo em Goiás, intensificaremos a monitoria dos dados turísticos no estado para melhor nortearmos o planejamento estratégico das ações neste setor.

9. Centro de Tecnologia do Turismo • O objetivo da implantação deste centro é o desenvolvimento de aplicativos, sites e recursos audiovisuais, a serem disponibilizados para os municípios, com o intuito de aumentar a competitividade dos destinos turísticos em Goiás.

10. Sistema Estadual de Turismo (SET) • A implantação deste sistema tem como objetivo promover o fortalecimento das instâncias de governanças regionais e colegiados locais, através da sistematização das políticas públicas ligadas ao turismo.

Com informações do Goiás Agora

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757