Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: PRF/Divulgação
prfblitz
Uma blitz da Polícia Rodoviária Federal (PRF), em conjunto com a Secretaria Municipal de Trânsito (SMT) e as Polícias Militar (PM) e Civil (PC), montada na BR-452, flagrou 45 motoristas dirigindo depois de ingerir bebida alcoólica na madrugada desta sexta-feira (20) em Rio Verde, no sudoeste do estado. A operação envolveu 60 agentes e foi realizada em virtude de um show sertanejo da dupla Zé Neto e Cristiano, ocorrido em uma casa de shows às margens da rodovia.

Segundo a PRF, das 22h às 7h, os policiais rodoviários federais fiscalizaram veículos que chegavam e saíam do evento. Antes mesmo de chegarem no show, 22 motoristas foram impedidos de dirigir e multados em R$ 2.934,70. Das 45 pessoas alcoolizadas, cinco foram detidas e conduzidas à delegacia por apresentarem teor alcoólico acima de 0,34 mg de álcool por litro de ar expelido, índice que configura crime de trânsito.

Ainda de acordo com a polícia, quem ficava impedido de dirigir, tinha que apresentar um condutor habilitado e aprovado no teste do bafômetro para continuar conduzindo. Houve casos em que condutores de cidades vizinhas chegaram para buscar o motorista infrator. Ao todo, 26 veículos foram retidos por estarem sendo conduzidos por pessoas alcoolizadas e, até esta manhã, oito carros ainda permanecem no pátio da PRF.

A polícia afirma que, embora a quantidade de pessoas flagradas embriagadas ainda seja considerado um número elevado, muitos motoristas demonstraram estar conscientizados e optaram por seguirem até o show em táxis ou com motoristas particulares, contratados para esse fim.

Uma das preocupações da PRF era com motoristas de outras cidades saírem dirigindo depois de beber para retornar aos locais de origem e diversas carteiras de habilitação apreendidas eram de outros municípios do estado como Santa Helena, Goiânia e Jataí.

Das 45 pessoas autuadas, 16 eram mulheres, que conduziam os veículos sob efeito de álcool. Uma delas, que se negou a soprar o bafômetro, inabilitada, transportava no veículo uma criança de 2 anos e outra de 7 anos de idade fora dos dispositivos adequados.

Diversas outras irregularidades foram flagradas pelos policiais, principalmente documentação vencida, excesso de lotação nos veículos e menores dirigindo.

Quem teve a CNH apreendida poderá retirá-la no posto da PRF em Rio Verde na próxima segunda-feira (23), depois de passar pelo teste do bafômetro. Nos casos de embriaguez ao volante as autuações são encaminhadas ao Detran, que abre um processo, podendo levar à suspensão do direito de dirigir por 12 meses.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757