Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Gerliézer Paulo / Portal 730
alexandre magalhaes gerliezer paulo2
O presidente estadual do PSDC, Alexandre Magalhães, assumiu a Agência de Turismo, Eventos e Lazer (Agetul) na semana passada. Em entrevista à Rádio 730, ele disse que pessoalmente não apoiou a candidatura de Vanderlan Cardoso, que apenas foi democrático e acatou o desejo dos membros da sigla.

Alexandre disse que não conservou com o Iris Rezende após a eleição. Ele citou que foi convidado para uma conversa com o prefeito, e acabou aceitando assumir a Agetul. O presidente do PSDC diz o que pesou na escolha do nome dele. "Eu penso que tem um peso dos vereadores e um peso da minha família. Em 1966 meu pai foi secretário de obras do Iris. Quando o Iris foi governador a primeira vez, meu pai foi presidente da Assembleia. Meu irmão foi eleito três vezes prefeito de Cristianópolis," aponta.

Ouça a entrevista completa de Alexandre Magalhães:

De acordo com Alexandre, o PSDC municipal optou por apoiar a candidatura de Vanderlan Cardoso, mas que ele pessoalmente não participou do pleito de 2016 na Capital.

 

Administração

O presidente da Agetul afirma que vai formar um quadro técnico dentro da agência. Segundo ele, o principal objetivo é fomentar o turismo na Capital. "Nós temos que trazer o turismo de consumo da 44, os atacados de secos e molhados, o turismo de negócios, as feiras os congressos, o turismo de entretenimento com o Mutirama e o zoológico, as casas noturnas e o turismo de arte decor," enumera.

 

Indícios de superfaturamento

Alexandre denuncia que a antiga gestão da Agetul adquiriu placas de sinalização por até R$ 7,5 mil, quando o preço de mercado varia entre R$ 2,5 mil e R$ 2,7 mil.

Alexandre garante que qualquer irregularidade encontrada dentro agência será encaminhada ao Ministério Público.

 

Mutirama

Um dos projetos do presidente Alexandre Magalhães é de criar novas atrações no Parque Mutirama. Com a aquisição de novos brinquedos. De acordo com ele, a bilheteria do parque é suficiente para arcar com os investimentos.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757