Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Marco Monteiro
marconimaiscompetitivo
O governador Marconi Perillo (PSDB) se reuniu, na manhã desta quarta-feira (18), com os secretários das pastas que integram o programa Goiás Mais Competitivo: Gestão e Planejamento (Segplan), Saúde (SES), Seduce, Secretaria de Desenvolvimento (SED) e Secretaria de Cidadania.

O encontro foi mais uma etapa das reuniões sobre temas específicos do programa do governo estadual. A área abordada foi a Saúde, com atenção específica para a aplicação de recursos na redução da mortalidade infantil e de internações.

O governador determinou ao titular da SES, Leonardo Vilela, que as parcerias e convênios com os municípios sejam mantidos. Disse que nas audiências individuais com os prefeitos tem recebido muitos pedidos de parceria no setor. 

“Temos bons resultados para apresentar na área da Saúde, e boas expectativas pela frente em função dos investimentos que já estão decididos a serem utilizados. E nós compreendemos que, para alcançar as nossas metas e melhorias de indicadores, precisamos contar com o apoio dos municípios", afirmou Perillo.

O secretário Leonardo Vilela ponderou que os passos para garantir a redução da mortalidade infantil e das internações já estão sendo tomados: “Estamos melhorando as maternidades, equipando os agentes comunitários de Saúde, aumentando as equipes de Saúde da Família. Isso é muito importante”.

Marconi sugeriu que a governança do Goiás Mais Competitivo seja unificada com a do programa Inova Goiás, já que as ações previstas no primeiro estão diretamente ligadas ao segundo. “Tudo que for agregar, contribuir com o aumento da competitividade de Goiás, vamos colocar em pauta”, justificou.

O Goiás Mais Competitivo foi lançado em novembro de 2015 com o objetivo de criar uma agenda de atuação governamental para inserir o Estado entre os mais competitivos do Brasil. Para isso, a execução dos projetos e metas em todas as suas áreas finalísticas e a situação dos principais indicadores são acompanhadas por meio de uma central, com painéis interativos e dados em tempo real. O objetivo do governo estadual é atingir os cenários esperados até o fim de 2018.

As metas foram definidas após um diagnóstico situacional realizado pela consultoria Macroplan, acompanhada pela Segplan. Foram analisados indicadores do Estado, sendo 77 aprofundados, principalmente das áreas de Saúde, Educação e Segurança Pública. Deste estudo, saíram 15 programas prioritários. As ações estão sendo executadas pelas secretarias, autarquias e empresas que integram o Goiás Mais Competitivo. O governador vem realizando reuniões periódicas de avaliação do desempenho de cada secretaria. 

Com informações da assessoria de comunicação

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757