Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Petras de Souza / Portal 730
lucia vania petras de souza

A secretária da Fazenda de Goiás, Ana Carla Abrão, deixa o cargo nesta sexta-feira (6). De acordo com a mãe dela, a senadora Lúcia Vânia, a administradora deve seguir a carreira em uma empresa multinacional. Com isto, Ana descartaria uma cogitada candidatura ao governo do Estado.

"Ela (Ana Carla Abrão) volta para São Paulo. Ela tem um convite para assumir uma posição de uma direção de uma multinacional. Ela vai partir para o setor privado. Eu ficaria muito feliz se ela pudesse ser candidata ao governo. Mas dificilmente, ela poderia continuar aqui," disse a senadora durante entrevista à Rádio 730, na manhã desta quinta-feira (5).

Ouça a entrevista completa de Lúcia Vânia

PSB

A senadora Lúcia Vânia, que também é presidente do PSB estadual, disse que o partido ainda está fazendo uma avaliação do desempenho do partido em Goiás. Para ela, a legenda errou ao aliar com o PSDB na chapa proporcional e no primeiro turno da candidatura majoritária.

Lúcia Vânia adianta que o partido tem a intenção de lançar um candidato próprio em 2018. O nome de Vanderlan Cardoso aparece como opção, mas ela também destaca que pode ser um jovem político da sigla, com os deputados Virmondes Cruvínel, Lissauer Vieira ou Marcos Abrão. O nome dela só seria lançado, caso não se conseguisse outro postulante.

Brasília

Para a senadora goiana, o momento é de apoio às reformas defendidas pelo governo Temer. Segundo ela, somente assim o País vai sair da crise instalada.

Por outro lado, Lúcia Vânia diz que não é o momento de trabalhar para a queda do presidente, pois este fato apenas aprofundaria a crise. Ela ainda lembra, que se Temer foi cassado, a eleição seria indireta, com apenas os congressistas votando.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757