Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Divulgação
metrobus
A Metrobus comunicou nesta semana, após um período de suspensão para revisão e estudos do edital do concurso anunciado em julho, o cancelamento do certame, haja vista que a empresa está inserida no Programa de Desmobilização e Gestão dos Ativos do Estado de Goiás (PDEG).

A empresa de transportes deverá formalizar uma parceria público-privada, tornando inviável a realização do concurso para contratação de novos colaboradores.

O Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento (Ibade), empresa responsável por organizar o concurso, publicará, no dia 16 de janeiro, no site do instituto, o edital de cancelamento, no qual constarão as informações necessárias ao candidato para restituição dos valores pagos a título de inscrição.

O concurso contava com dez vagas para os cargos de assistente administrativo, oito para auxiliar de eletrotécnica, seis para Auxiliar de Manutenção (6), duas de borracheiro, eletricista de autos, sete de lanterneiro, 12 de mecânico, 183 para motorista, quatro para pintor de autos, e uma para técnico de segurança do trabalho, engenheiro de segurança do trabalho, médico do trabalho e psicólogo. Os salários chegavam a até R$ 7.480, além de diversos benefícios como auxílio-alimentação e plano de saúde.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757