Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: CBM-GO/Divulgação
acidentesardinhaabcde
O segundo caminhoneiro envolvido em uma colisão frontal entre dois caminhões no início da tarde desta quarta-feira (4), no km 373 da BR-153, entre os municípios de Jaraguá e Anápolis, estava preso nas ferragens, chegou a ser atendido por equipes do Corpo de Bombeiros Militar de Goiás (CBM-GO), mas não resistiu às lesões gravíssimas sofridas e faleceu no local.

O acidente ocorreu por volta de 13h15, próximo ao trevo de acesso à cidade de São Francisco. Segundo a PRF, o acidente foi motivado por uma tentativa de ultrapassagem em local proibido, em um trecho de faixa dupla contínua. A primeira vítima, o motorista do caminhão carregado com sardinhas, morreu na hora. Toda a carga ficou espalhada pela pista.

Uma terceira vítima, um passageiro de um dos caminhões, foi levado por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (Samu) para o Hospital de Urgências de Anápolis (Huana).

A rodovia ficou interditada nos dois sentidos. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a primeira informação era de que o tempo que seria levado para a liberação da pista superaria duas horas. Meia pista foi liberada no meio da tarde.

Equipes do Instituto Médico Legal (IML) e perícia técnica estão no local para identificação das vítimas.

Recorrente

Ainda segundo a PRF, só em 2016, foram atendidas 524 ocorrências de acidentes na BR-153, no trecho goiano compreendido entre o Km 0 e o Km 444, entre Porangatu e Anápolis. Destes, 147 foram considerados graves - quando há pessoas feridas gravemente ou óbitos.

Em 2015, aconteceram 725 acidentes, que deixaram 675 pessoas ferida, sendo 93 em estado grave e 62 mortos.

De um ano para outro, houve redução de 27% no número de acidentes e também uma diminuição de 25,6% no número de feridos. Já a quantidade teve aumento de 6,4% no mesmo período.

Galeria de fotos: CBM-GO/Divulgação e Reprodução/Whatsapp

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757