Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Objetos apreendidos com o bando (Foto: PM/Divulgação)
centralde
Seis pessoas foram detidas na manhã desta sexta-feira (30) suspeitos de participar de um latrocínio a um taxista e de um comparsa. No grupo, cinco são menores de idade, e têm entre 14 e 17 anos. Os homicídios ocorreram no município de Caturaí, a 50 quilômetros de Goiânia, região central do estado.

De acordo com a Polícia Militar (PM), além do homicídio, o grupo é suspeito de realizar diversos roubos a propriedades rurais em Nova Veneza e Itauçu, e da morte de um comparsa em Deuslândia, distrito de Brazabrantes, além do roubo de um automóvel de um bombeiro militar. A abordagem aos suspeitos ocorreu quando tentavam fugir de uma fazenda em um táxi roubado.

Duas adolescentes do bando teriam tentado sair da fazenda no táxi e teriam seduzido o motorista, além de colocar droga em uma bebida oferecida ao taxista. Apesar da tentativa, o entorpecente na bebida não surtiu efeito. O carro acabou cercado pelo resto do bando, que matou o taxista a pauladas.

Após o homicídio contra o taxista, os adolescente teria brigado no momento de decidir quem ficaria com os objetos roubados. A discussão resultou na morte de um dos integrantes. Os corpos do taxista e do comparsa foram encontrados na manhã de hoje (30).

A detenção do grupo foi realizada pela PM em Nova Veneza, e todos foram conduzidos para a Central de Flagrantes em Anápolis.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757