Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

A apresentadora Cecília Barcelos recebe nos estúdios da 730 os especialistas Rodney do Vale e Roberdan Oliveira (Fotos: Jordanna Ágatha)
vocascao
A escolha profissional é um momento de grande conflito entre os jovens.  O crescente número de opções de profissões, a grande expectativa deles e de quem os rodeia são fatores que dificultam essa escolha. Mas qual o papel dos pais nesta decisão?

O coordenador pedagógico, Rodney do Vale, em entrevista exclusiva na 730 durante o programa Cidadania em Destaque desta quarta-feira (6), explica que as decisões são definidas fatores dentro e fora de casa.

Ouça a entrevista na íntegra

“Nós convivemos constantemente com esta preocupação. Muitos pais nos procuram, diante da escolha do filho, querendo apoiar ou não concordando. É preciso entender que, de uma maneira geral, a escolha da profissão recebe a influência principal de três fatores: os amigos, a escola e a família. A partir disso, muitas vezes, as decisões são tomadas”, pondera.

De acordo com o psicólogo Roberdan Ferreira de Oliveira, uma das dificuldades em questão é o respeito dos pais pela escolha profissional dos filhos, que nem sempre é respeitada.  

“Percebe-se uma dificuldade muito grande dos pais em respeitar essa escolha do filho. Dentro dessa relação familiar, a família, querendo ou não, é o primeiro ponto de referência desse adolescente”, analisa.

Ainda segundo Roberdan Ferreira de Oliveira, a psicologia observa duas questões importantes no que se refere a uma escolha profissional de um jovem no âmbito familiar. “Uma é quando os pais não se realizaram na profissão que escolheram e não a desejam automaticamente para os filhos, e os filhos se identificam com essa mesma profissão, por essa idealização; ou vice-versa, que é quando os pais se realizam profissionalmente e querem que os filhos sigam a carreira”, afirma.

Apesar do que pode ser uma crise vocacional, Rodney do Vale avalia que o melhor caminho é aliar a profissão com o prazer pela atividade escolhida. “Ao optar por uma profissão que tem a ver consigo e que vai trazer conforto, realização e felicidade, a chance de sucesso, claro, é muito maior. É muito difícil conseguir sucesso profissional sem fazer aquilo que realmente se gosta”, afirma Do Vale.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757