Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Jovens lotam auditório em lançamento do Projeto Meninas Super Empreendedoras (Foto: FPC/Divulgação)
lanca
Foi dada oficialmente a largada para o Projeto Meninas Super Empreendedoras, realizado com dezenas de jovens aprendizes em Goiás. O lançamento foi realizado na tarde desta quinta-feira (24), no auditório Mauro Borges do Palácio Pedro Ludovico Teixeira, no Centro de Goiânia.

O programa, que teve início no último dia 17 de agosto, já conta com duas turmas de 40 meninas entre 16 e 24 anos integrantes do Projeto Jovem Aprendiz em Aparecida de Goiânia, da Fundação Pró-Cerrado (FPC).

Presente no evento, o diretor-superintendente do Sebrae Goiás, Igor Montenegro, concedeu entrevista exclusiva ao repórter Rubens Salomão, da 730, no Cidadania em Destaque, e falou sobre os objetivos do programa.

“Queremos trabalhar inovação, fortalecimento e empoderamento da mulher, e também o fortalecimento da juventude. Com isso, a gente dá para todas essas jovens empreendedoras os caminhos para que o empreendedorismo seja uma ferramenta libertadora para elas, para se posicionarem no mercado de trabalho, na sociedade, ou para galgar um espaço de crescimento profissional que tanto almejam”, relata.

Projeto pioneiro no Brasil

Superintendente da Rede Pró-Aprendiz, Valdinei Valério (Foto: Portal 730)
valdinei

Os conteúdos sobre emponderamento e empreendedorismo no mundo das empresas do segmento startup, além do enfrentamento às drogas, são ministrados pela Rede Pró-Aprendiz (RPA) por meio de um curso de capacitação com duração de cinco meses. O superintendente da RPA, Valdinei Valério, destacou o ineditismo do projeto no Brasil.

“Trata-se de uma metodologia experimentada, estabelecida através de uma organização internacional que vem fazendo este trabalho em vários outros países e que nós, através da parceria com o Sebrae, estamos desenvolvendo pela primeira vez no Brasil o empreendedorismo para meninas. As mulheres possuem um potencial muito grande e que não é aproveitado ou muitas vezes até discriminado. É uma aposta diferente e esperamos que os frutos aconteçam naturalmente”, argumenta.

Trabalho feito a várias mãos

Projeto Meninas Super Empreendedoras é realizado pela Rede Pró-Aprendiz, em parceria com o Sebrae Goiás, o Grupo Especial de Enfrentamente às Drogas (GEED) e Fundação Pan-americana para o Desenvolvimento (PADF).

“Estamos trabalhando com o foco nas jovens que realmente necessitam. Trabalhar com inovação é uma tendência no estado de Goiás. Estamos diante de um estado que está mergulhado no processo de inovação, principalmente no que diz respeito às políticas públicas quanto ao seu processo de gestão. Estamos também surfando nesta onda”, conclui Valdinei Valério.

O diretor-superintendente do Sebrae Goiás, Igor Montenegro (Foto: Portal 730)
sebrae

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757