Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

As convidadas do Momento Pró-Aprendiz Suzane Ariel Siqueira e Silva, Thayssa Isabelle Pacifico Pires e Eveline Mina Moura (Fotos: Johann Germano/Portal 730)
momentoproaprendiz
O Programa de Aprendizagem é uma oportunidade para o jovem se inserir no mercado de trabalho. O aprendiz que se dedica nas atividades teóricas e práticas se destaca dentro da empresa e tem a chance de ser reconhecido. Já a empresa que proporciona essa oportunidade para o jovem, tem a chance de moldar e desenvolver um profissional de excelência.

No quadro Momento Pró-Aprendiz desta quarta-feira (21), no Cidadania em Destaque, concederam entrevista a sócia-diretora da Mina Consultoria, Eveline Mina Moura e a assistente de departamento pessoal da empresa e ex-jovem aprendiz, Thayssa Isabelle Pacifico Pires.

Thayssa, que fez parte do projeto no ano de 2011 e permaneceu por um ano, conta que a experiência foi determinante para o ingresso no mercado de trabalho. “Agregou muito para o meu currículo. Neste 1 ano a gente aprendeu muita coisa, foi o meu primeiro contato profissional no mercado. Começa-se de baixo mesmo, eu tinha 15 para 16 anos”, relata.

Eveline Mina Moura conta que conheceu Thayssa a partir do trabalho desempenhado como jovem aprendiz. Atualmente, a Mina Consultoria é uma das prestadoras de serviço da Rede Pró-Aprendiz.

“Depois que ela terminou o programa da Celg, ela foi trabalhar na Fundação Pró-Cerrado (FPC) como recepcionista, e foi nesse contato que conheci a Thayssa. Ela está com a gente há um ano”, afirma.

A coordenadora pedagógica da Rede Pró-Aprendiz, Suzane Ariel Siqueira e Silva, afirma que a oportunidade não é só do menor aprendiz, que está ingressando no mercado de trabalho, mas também da própria empresa que contrata e acredita no potencial do jovem.

“A empresa molda o jovem e oportuniza, além de oferecer àquele jovem o melhor, e ele vai aprender. Para o jovem isso é muito gratificante. Ontem (20) aconteceu uma situação com um jovem que trabalha com a gente no departamento, e ficamos muito felizes porque a gente viu o desenvolvimento dele falando lá na frente, um jovem que era muito tímido”, ressalta.

Ouça a entrevista na íntegra

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757