Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

UFG de Catalão (Foto: Divulgação)
ufgcatalaoa
O governo estadual vai doar uma área de 15 mil metros quadrados em Catalão, no sudeste do estado, à Universidade Federal de Goiás (UFG) para a construção de um Centro de Desenvolvimento de Tecnologia em Mineração (CDTM).

O projeto é uma parceria entre o Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Desenvolvimento (SED), UFG, Fapeg, Rede Itego e a indústria Cmoc Brasil. O evento, que marca o envio do termo de doação para aprovação da Assembleia Legislativa, será nesta quarta-feira (7), às 10h30, no miniauditório da UFG em Catalão.

O evento contará com a presença do secretário de Desenvolvimento, Francisco Pontes, do reitor da UFG, Orlando Afonso Valle do Amaral, autoridades municipais e empresários. O objetivo é apoiar o desenvolvimento tecnológico, a inovação e a sustentabilidade da produção mineral do Estado. “Com este centro prospectamos um maior desenvolvimento do setor mineral, por meio de pesquisas poderemos agregar mais valor aos recursos minerais”, avalia Mauro Fayad, superintendente Executivo de Ciência e Tecnologia da SED.

Segundo Tasso Mendonça, superintendente de Mineração da SED, a UFG de Catalão oferece o único curso de Engenharia de Minas em Goiás, mas não possui uma unidade de pesquisa. Assim, o Centro de Tecnologia em Mineração atenderá à formação acadêmica e profissional, ao desenvolvimento de pesquisa e à prestação de serviços para o setor industrial.

Dentro desta cooperação técnica, além de doar a área, o Estado também vai disponibilizar os equipamentos para o centro. A edificação será realizada pela empresa de mineração Cmoc Brasil. A UFG fará a gestão do centro e as pesquisas serão realizadas em parceria com o Itego e Fapeg.

Com informações do Goiás Agora

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757