Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Reprodução/ Internet
forumiberoamericano
Fundações de todo o Brasil se mobilizaram na última semana para evitar que a reforma Trabalhista pudesse desconsiderar o número de jovens que pretendem ingressar no mercado de trabalho como aprendizes.

O trabalho efetuado por jovens com até 18 anos, em idade escolar, é regulamentado pela Lei n° 10.097 - a chamada Lei de Aprendizagem – e pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Caso a cota de jovens aprendizes fosse desconsiderada na reforma Trabalhista, um milhão de vagas seriam descartadas.

Os artigos foram preservados mediante diálogos com deputados federais e com o relator do projeto de lei, Rogério Marinho (PSDB-RN). Esta vitória será bastante celebrada ao longo do VII Fórum Ibero-Americano – Fazendo Políticas Juntos. O presidente da Rede Nacional de Aprendizagem, Social e Integração (Renapsi), Lucas Meira aponta as tentativas de sensibilizar o relator acerca do potencial do projeto para evitar as alterações na lei.

Um dos objetivos da presença da delegação brasileira na Itália e na Espanha é a intenção dos europeus de copiar a Lei de Aprendizagem e adaptar a estrutura e as políticas públicas voltadas para o jovem. O presidente da Fundação Catalana Esplai (FundEsplai), Pepe Espina, exalta a presença brasileira como um modelo a ser copiado pelos países europeus.

Um dos objetivos do Fórum Ibero Americano é destacar métodos de como se pode trabalhar com os jovens. Uma destas experiências é a da Rede Pro Aprendiz no Brasil e estamos tentando copiar este modelo com duas experiências com 20 jovens em cada. Nossa intenção é copiar o modelo de ensinar o jovem a trabalhar, trabalhando.

No primeiro dia do evento acontecerão atividades protocolares, artísticas e culturais envolvendo membros de delegações de 18 países parceiros, colaboradores, jovens e a comunidade atendida pela fundação. No mesmo dia, à tarde, os inscritos serão convidados a conhecer a prefeitura e o parlamento da Catalunha, uma espécie de Assembleia Legislativa da região.

Do repórter Vinícius Tondolo, diretamente da Espanha

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757