Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Reprodução/ Internet
educacao
Um levantamento publicado pela organização sem fins lucrativos Todos Pela Educação, com base nos resultados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad), apontou que 2.486.245 crianças e adolescentes brasileiros de 4 a 17 anos estão fora da escola. O número representa cerca de 6% do universo total de estudantes.

Conforme a pesquisa, a quantidade de crianças e jovens que possuem acesso à escola aumentou 4,7 pontos percentuais desde 2005, atingindo 94,2% em 2015. Entretanto, o índice ainda é insuficiente para universalizar o acesso a educação dentro da meta estabelecida pela organização Todos Pela Educação.

A maior lacuna identificada pela pesquisa está relacionada ao ensino médio. Cerca de 1.543.713 jovens de 15 a 17 anos, que deveriam estar matriculados no ensino médio, não frequentam a escola. Esta foi a modalidade que apresentou o crescimento mais tímido de inclusão na última década: de 78,8% para apenas 82,6% de 2005 a 2015.

Ainda de acordo com o levantamento a taxa de conclusão do ensino fundamental até os 16 anos foi de 76% em 2015, apenas 17,1 pontos percentuais acima do verificado em 2005. Já a taxa de conclusão do ensino médio até os 19 anos, ficou em somente 58,5%.

Nesse mesmo período, a taxa de jovens que não estudam nem trabalham aumentou entre aqueles que não concluíram o ensino fundamental até faixa dos 16 anos - passando de 19% para 22,2% - e também entre os que não concluíram o ensino médio até 19 anos – de 24,5% para 35,5%-.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757