Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Rubens Salomão/Portal 730
tcegorubens
Com uma ressalva, 18 recomendações e quatro determinações, o Tribunal de Contas do Estado de Goiás (TCE-GO) emitiu nesta terça-feira (13) o parecer favorável à aprovação das contas do governador Marconi Perillo (PSDB), referentes ao exercício de 2016. O documento foi relatado pelo conselheiro Helder Valin.

Segundo o TCE-GO, a ressalva do parecer é quanto à conta centralizadora e, dentre as determinações, está a necessidade de realizar baixas nos saldos remanescentes da conta centralizadora e reduzir o saldo negativo do Tesouro junto à centralizadora apresentado ao final de 2016, eliminando-o gradativamente, até o final do exercício de 2020.

O TCE também determinou a adequação às regras de transferências constitucionais aos municípios, tendo em vista que o percentual da parcela do ICMS e do IPVA atingiu, em 2016, valor superior ao devido. Também foi determinada a padronização junto ao Portal da Transparência, de forma clara, das informações relativas aos contratos de gestão com as organizações sociais.

Por fim, o TCE determinou a realização, ainda no exercício de 2017, da execução do valor de R$ 800.126,03 referentes ao não cumprimento do TAG-2.

Clique e conheça o parecer e o relatório, na íntegra.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757