Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Fotos: Larissa Artiaga/ Portal 730
730psicologos
Dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 2014 revelam que o Brasil é o oitavo país com mais suicídios no mundo. Somente no ano de 2012, foram registradas 11.821 mortes.

Com o objetivo de prevenir o suicídio, surgiu em 2015 a Campanha Setembro Amarelo. Todos os anos durante o mês de setembro acontecem ações de conscientização em várias partes do país. Além disso, locais públicos e particulares são identificados com a cor amarela em apoio à Campanha.

Ainda de acordo com a OMS, nove entre dez casos de suicídio poderiam ter sido evitados. Segundo a psicóloga Rose Meiry Nunes, falar sobre o assunto é o primeiro passo para a realização de ações preventivas efetivas.

De acordo com dados do Mapa da Violência 2017, a taxa de suicídios na população de 15 a 29 anos subiu de 5,1 por 100 mil habitantes em 2002 para 5,6 em 2014, o que representa um aumento de quase 10%. Segundo o psicólogo, Cândido Renato, jovens que fazem parte de grupos ditos minoritários, tais como a população LGBT e pessoas negras têm uma tendência maior a cometer suicídio.

 

Em Goiânia, a Campanha Setembro Amarelo é de responsabilidade do Centro de Valorização à Vida (CVV), entidade que funciona há quase 40 anos na capital. O Centro é mantido pela associação filantrópica Vida Associação Humanitária e conta com cerca de 44 voluntários atualmente. Os interessados podem entrar em contato com o CVV por meio do telefone 141 ou por meio do site www.cvv.org.br.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757