Joaquim Jayme (Foto: Reprodução/ Internet)
maestromorto
O maestro titular da Orquestra Sinfônica de Goiânia, Joaquim Jayme morreu na noite desta segunda-feira (15), em Goiânia. Ele estava internado no Centro de Reabilitação e Readaptação Dr. Henrique Santillo (CRER). A causa da morte não foi divulgada.

A Sinfônica de Goiânia informou por meio de publicação no facebook que o corpo do maestro foi velado na manhã desta terça-feira (16), na sala 06 do Cemitério Jardim das Palmeiras.

Vida e Obra

Joaquim Jayme nasceu em 1941, e estudou piano em Goiânia com Belkiss Spenciére Carneiro de Mendonça. Entre os anos de 1958 e 1960 foi bolsista dos Seminários Internacionais de Música promovidos pela Universidade Federal da Bahia (UFBA).

Ao longo de sua vida, Joaquim Jayme fez diversos cursos, com destaque para o Mestrado em musicologia pela Universidade de Rostock - na Alemanha - instituição na qual trabalhou como professor por cinco anos.   

Além disso, o maestro também foi professor Adjunto da Universidade de Brasília (UnB) e Regente Titular do Coral do Estado de Goiás. Ele também foi um dos fundadores da Orquestra Filarmônica de Goiás e diretor da Escola de Música do Centro Cultural Gustav Ritter.

Autor de várias obras para piano, canto e piano, orquestra de cordas, sinfônica, dezenas de arranjos para coro e quase uma centena de canções populares e líricas com textos de poetas brasileiros e estrangeiros, Joaquim Jayme certamente marcou a música clássica goiana.  A organização da Orquestra Sinfônica de Goiânia se deu em 1993, a partir de um convite da prefeitura da capital.

Com informações da Orquestra Sinfônica de Goiânia

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757