Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

O que podemos esperar do Goias em 2017? Muito mais do que aconteceu em 2016.

A torcida do Goiás ficou aborrecida com a diretoria pois entendia que o Verdão poderia ter subido para a Serie A, assim como fizeram Atlético, Avaí, Vasco e Bahia. Muitos erros foram cometidos pela diretoria esmeraldina e a esperança é que não os repita ano que vem.

O gestor de futebol Harlei Menezes sabe que tem apenas uma bala de prata e se errar o alvo a menor distancia que ele poderá passar da Serrinha será 12 km.

O Vila Nova está reforçando seu time sem muito barulho. Trouxe o tecnico Mazola Júnior e renovou com alguns atletas que estiveram por aqui na última temporada.

Com o elenco sendo reforçado, o colorado pode sonhar com o título goiano e, quem sabe, se pensar grande, chegar na desconhecida Série A (para o Tigrão). Vale lembrar que há mais de três décadas os vilanonenses não disputam o campeonato que é a nata do futebol nacional.

O Atlético, com o sucesso estrondoso de 2016, criou uma expectativa enorme em seu torcedor quanto ao que poderá ser no ano de 2017. Mas todos sabem que a disparidade financeira é oceanica na Série A, e milagre ninguém faz. O Dragão receberá R$ 23 milhões da Rede Globo, enquanto que times como Corinthians e Flamengo receberão R$ 170 milhões. Outras equipes irão ter cotas variadas entre R$ 150 e 90 milhões e por aí vai.

Penso que o rubro-negro vai montar um time competitivo para, a princípio, não cair, e depois buscar uma vaga na Copa Sul-Americana. Não será uma tarefa fácil. Ter um time competitivo depende muito do perfil da equipe e, convenhamos, ter a sorte que o Adson Batista teve nesse ano na montagem do time será dificil, pois tudo funcionou: técnico, comissão tecnica, diretoria e jogadores. Isso é raro acontecer. Digo, a harmonia entre todos os envolvidos está cada vez mais escassa. Mas quem sabe a história pode se repetir. 

carregando...

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757