Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil
schengen
Se você ama viajar e também gosta de comodidade, esta notícia é para você. De acordo com o Ministério das Relações Exteriores, os brasileiros têm portas abertas em 103 países do mundo.  O continente com mais países que não exigem vistos de brasileiros é a Europa, com 43. Destes, 26 fazem parte do Espaço Schengen, que prevê a livre circulação entre eles. O professor do curso de relações exteriores da PUC Goiás, Danilo Alarcon, concedeu entrevista no quadro Mala Pronta do programa Cidadania em Destaque desta quinta-feira (6). Ele explica como funciona este acordo.

Ouça a entrevista na íntegra

“É um acordo que praticamente baniu as fronteiras para livre circulação de pessoas. Boa parte dos países da Europa participam deste acordo. Como o Brasil tem acordos individuais com estes Estados, um vez entrando no continente, por exemplo, por Portugal, ele pode cruzar as fronteiras com a Espanha, França, Alemanha, Bélgica, todas elas sem passar por nenhum tipo de controle fronteiriço”, esclarece.

Um exemplo da rigidez em permitir ou não a entrada de estrangeiros são os Estados Unidos (EUA). As últimas medidas impostas pelo presidente Donald Trump visa a dificultar e restringir ainda mais o acesso ao visto, o que inclui os brasileiros. Danilo Alarcon argumenta a discussão que existe entre os Ministérios do Turismo e das Relações Exteriores sobre este assunto.

“Os Estados Unidos exigem o visto de nós brasileiros. A proposta do Ministério do Turismo seria suprimir isso. A proposta do Ministério das Relações Exteriores é de deixar o visto para os americanos enquanto nós brasileiros formos requisitados de visto para os EUA”, afirma.

No entanto, o professor explica que em boa parte dos países, brasileiros podem ficar por longos períodos sem precisar apresentar o visto. “Podemos ficar até 90 dias sem os vistos, para qualquer atividade. Seja para trabalho, estudo ou qualquer estadia maior do que este tempo que varia de 90 ou 120 dias, aí a gente precisa de visto também”, pontua.

Um estudo datado de 2011, do Instituto Nacional de Estatística, aponta que cerca de 5 milhões de imigrantes vivem na Espanha. Alarcon frisa que este é um país onde brasileiros costumam ter problemas para entrar.

“O controle na Espanha é rígido, a comunidade brasileira lá é grande e a entrada de brasileiros que ficam ilegais pela Espanha também é grande. Nestas situações o Brasil sempre aplica também a questão da reciprocidade. É interessante para quem faz viagens legais, do ponto de vista da lei, para o turismo, ficar menos de 90 dias, mas tem também o lado negativo que estimula a ilegalidade”, afirma.

Lista dos países signatários do acordo de Schengen: Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, França, Finlândia, Grécia, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Lituânia , Luxemburgo, Liechtenstein, Malta, Noruega, Holanda, Polônia, Portugal, República Tcheca, Suécia, Suíça.

*Bulgária, Romênia, Croácia e Chipre estão em fase de implementação do acordo.

carregando...

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757