Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail


Pelo menos 28 civis morreram ontem à noite em bombardeios contra a localidade de Armanaz, na província de Idlib, na Síria, controlada quase totalmente por facções islamitas, informou hoje (30) o Observatório Sírio de Direitos Humanos. A informação é da Agência EFE.

Foram feitos dois bombardeios de aviões não identificados sobre uma mesma zona residencial, o segundo dos quais causou vítimas entre as equipes de resgate que tentavam ajudar aos feridos do primeiro ataque, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU).

O número de vítimas fatais pode aumentar, segundo o Observatório, pois há vários feridos graves e pessoas presas sob os escombros.

Os bombardeios aumentaram nos últimos dias em Idlib e na vizinha província de Hama, apesar de no dia 15 de setembro os participantes na conferência de Astana sobre o conflito sírio - na qual atuam como fiadores Rússia, Turquia e Irã - tenham acertado a criação de zonas de distensão nessas áreas.

Esta semana a Rússia, aliada do Governo de Bachar al Assad, anunciou que tinha retomado os ataques contra as posições jihadistas em Idlib e na região nordeste síria de Deir ez Zor.

Da Agência Brasil via Agência EFE

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757