Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Foto: Reprodução/ Internet
china5
O presidente chinês, Xi Jinping, anunciou nesta segunda-feira (04), durante a sessão de abertura da 9ª cúpula de chefes de Estado e de Governo do Brics (grupo formado pelo Brasil, a Rússia, Índia, China e África do Sul) na cidade chinesa de Xiamen, que o país asiático vai lançar um plano de cooperação econômica de 500 milhões de iuanes (cerca de R$ 250 milhões) para facilitação do comércio e dos investimentos intrabloco.

Anfitrião do encontro de alto nível, o presidente chinês disse que há grande potencial para aprofundamento da cooperação entre os cinco países. Ele destacou que dos US$ 197 bilhões dos investimentos externos feitos pelos cinco membros no ano passado, apenas 5,7% foram destinados aos países do Brics.

Para reforçar o Novo Banco de Desenvolvimento, conhecido como Banco do Brics, Xi Jinping também informou que vai destinar mais US$ 4 milhões para a instituição multilateral, que financia projetos de infraestrutura e desenvolvimento sustentável nos países-membros.

O presidente lembrou da importância do grupo para manter a paz mundial e garantir uma ordem global com mais equidade. “O Brics é importante para falar como voz única com o fim de promover um ambiente de paz internacional, uma globalização inclusiva e para reduzir o protecionismo”, disse.

O líder chinês também ressaltou a necessidade de reforma da governança econômica global para reforçar a representatividade dos mercados emergentes, com o objetivo de diminuir a lacuna de desenvolvimento entre o Norte e o Sul.

Da Agência Brasil

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757