Atlético Goianiensebrasao-goias-3Vila Nova
appleandroidtwitterfacebookyoutubeinsta-bordaemail

Victor Hugo Araújo posa para foto no Arco do Triunfo, registro feito momentos antes do atentado ocorrido próximo dali, na Praça da Catalunha (Foto: Arquivo Pessoal/Instagram)
victoprhugoar
Um dia para ser lembrado ou para esquecer? Só mesmo quem viveu de tão perto uma situação como a do ex-funcionário da Rádio 730, Victor Hugo Araújo, para explicar.

Repórter esportivo da TV Anhanguera e do SporTV, da Rede Globo de Televisão, Victor Hugo está em viagem na Espanha, exatamente em Barcelona, cidade que foi alvo de um ataque terrorista nesta quinta-feira (17), que deixou pelo menos 13 pessoas mortas e outras 100 feridas.  

Victor Hugo conversou por telefone com o jornalista Rafael Bessa, da 730. Ele diz que esta é a sua primeira vez em Barcelona, e conta que uma decisão de última hora, uma parada para fotos e almoço, impediu que ele e a noiva fossem parar direto no local e hora do atentado.

Victor Hugo Araújo: “Nossa primeira parada seria a Praça da Catalunha, justamente o local onde aconteceu esse atentado terrível. No metrô, eu e minha noiva mudamos de ideia. Antes de ir para a Praça da Catalunha, vamos parar duas estações antes para visitar o Arco do Triunfo. A gente foi, tirou algumas fotos, fomos para um restaurante e almoçamos. E foi exatamente durante o almoço que soubemos do que aconteceu lá naquele momento. Vimos ao vivo pela televisão, muitas mensagens começaram a chegar e foi assim que aconteceu. Por sorte, a gente não foi pra lá, dá pra sentir o clima de tensão aqui na cidade.  É um clima de tristeza que eu nunca tinha visto nada igual, e assim tão próximo. O restaurante estava parado, todo mundo prestando atenção às notícias. Polícia para lá, para cá, helicópteros, e muita preocupação. Não foi essa a Barcelona que a gente esperava ver. É difícil, Rafael!”

Rafael Bessa: Que tipo de orientação, você como turista brasileiro e goiano, recebeu desde o momento do atropelamento?

Victor Hugo Araújo: “A princípio, evacuar o Centro. Depois, permanecer em casa. No nosso caso, no hotel. Com a evolução das investigações, evitar locais com grande aglomeração como os pontos turísticos mais visitados. O que a gente pode fazer é obedecer e aguardar os futuros acontecimentos. A gente espera que essa poeira baixe, essa tragédia que aconteceu afeta a todo mundo, mas a gente pensa mesmo é na dor dessas pessoas que ficaram feridas, dos familiares que perderam entes queridos nessa tragédia. É bastante triste.”

Rafael Bessa: Você já nos deu a honra de trabalhar aqui com a gente, na 730. Estamos torcendo para que a sua viagem de férias possa dar uma volta por cima, e que você possa efetivamente descansar.

Victor Hugo Araújo: “A nossa viagem segue, pelos a gente vai tentar. Fico por aqui até a segunda-feira (21). No domingo (20), inclusive, tem Barcelona x Betis, a abertura da La Liga, o campeonato espanhol, tomara que as coisas caminhem para que essa poeira baixe e a gente consiga assistir a essa partida. Claro, é um local de aglomeração, alta concentração de turistas. Enfim, que a gente consiga ir pra lá e, acima de tudo, que Barcelona volte a ser aquela cidade belíssima e que recebe tão bem os turistas e que a gente tenha paz. Um abraço, fique com Deus”.

A entrevista completa de Victor Hugo Araújo ao repórter Rafael Bessa você pode conferir nesta sexta-feira (18), no programa Debates Esportivos, na Rádio 730, a partir do meio-dia.

Ouça a 730
apple android
(62) 98400-1757